Coala Festival lança álbum ao vivo com registros da edição do ano passado

O público que esteve no Coala Festival 2022 tem muita história para contar: da presença de artistas consagrados como Gilberto GilDjavanMaria Bethânia e Alceu Valença no palco, do encontro emocionante de Gal Costa, em seu último show, com Rubel e Tim Bernardes e de outras memórias que a edição, realizada em três dias no Memorial da América Latina, em São Paulo, deixou para quem ama a música brasileira em toda sua diversidade.

Para dar conta de uma visita a essas lembranças, o Coala Records — selo do festival — lança, no dia 6 de abril (quinta-feira), o  Ao Vivo no Coala, com 12 faixas que navegam pelas sonoridades que marcaram a última edição.

“Sempre que penso em um álbum, penso no futuro e em  como ele pode reverberar daqui a 30, 40, 50 anos porque todo álbum é um registro histórico. O “Ao Vivo no Coala” é uma fotografia do momento que estamos passando no Brasil hoje por retratar o encontro de gerações,  a transição da música brasileira do século 20 para o século 21, a multiplicidade de gêneros e o estilo de curadoria que gostamos de fazer”, explica Gabriel Andrade, sócio-fundador e curador do festival.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *