Home / Musicais / Titãs leva Ópera Rock, Doze Flores Amarelas, ao Sesc Pinheiros

Titãs leva Ópera Rock, Doze Flores Amarelas, ao Sesc Pinheiros

Em abril, estreia a primeira Ópera Rock brasileira composta por uma banda de rock: “Doze Flores Amarelas”, criada pelos Titãs.

A tradição (internacional) das óperas rock vem desde que o The Who compôs e montou o clássico “Tommy”, passou pelo conceitual “The Wall”, do Pink Floyd, e mais recentemente por “American Idiot”, dos pop punks Green Day.

Há ainda as inesquecíveis “Arthur” dos Kinks, “O Fantasma do Paraíso”, dirigido por Brian de Palma e a blockbuster “Jesus Christ Superstar”, de Andrew Lloyd Weber. Os Titãs bebem dessa fonte, na mesma medida em que imprimem sua digital.

O espetáculo de canções inéditas que narram uma história, terá pré-estreia  no emblemático Guairão (Teatro Guaíra), no tradicional  Festival de Teatro de Curitiba.

No dia 3 de abril de 2018, aconteceu o ensaio geral aberto, no dia 4, a pré estreia na capital paranaense. Na semana seguinte a ópera ruma à São Paulo  para a  estreia  nacional  no Sesc Pinheiros, teatro Paulo Autran .

Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto decidiram pelo formato e convidaram Hugo Possolo – ator, dramaturgo e diretor do grupo de teatro Parlapatões – e o escritor, dramaturgo e jornalista Marcelo Rubens Paiva para reuniões criativas. Deste encontro surgiu o argumento, assinado pelos cinco.

O tema da narrativa foi uma unanimidade. Nasceram das inquietações atuais, contemporâneas, como assédio, abuso, violência contra a mulher, aborto e tecnologia tóxica do mundo digital.

O espetáculo narra a história de três jovens, estudantes de faculdade (as Marias A, B e C) que, como todos de sua turma, usam a tecnologia frequentemente, em especial, um aplicativo chamado Facilitador.

Numa dessas consultas, perguntam como devem fazer para curtirem ao máximo uma grande festa. Mas a festa acaba mal. Elas são violentadas por cinco colegas.

Elas recorrem novamente ao mesmo aplicativo para se vingarem e este indica o feitiço das doze flores amarelas, que batiza o espetáculo.

Depois do feitiço realizado, um dos estupradores morre. Elas ficam em dúvida sobre seu real poder. Não sabem se o fato ocorreu a partir da magia, do uso da tecnologia, ou se foi uma simples coincidência. E o que fazer então?

O desfecho aponta para que, embora cada uma tenha uma diferente reação, que o poder delas está em enfrentar a situação e denunciar os abusadores.

Diferentemente de compor para um disco, os Titãs começaram a criar músicas sobre temas muito diferentes entre si, o que deu uma liberdade autoral enorme.  Entre as canções que compõem o repertório estão “A Festa”, “Me Estuprem” e, claro, “Doze Flores Amarelas”.

Além de co-autor do argumento, Hugo Possolo divide a direção do espetáculo com o cineasta Otavio Juliano (que recentemente lançou o longa metragem com a história da banda  Sepultura).

São 25 canções inéditas dos Titãs, que se juntam aos guitarrista e baterista da banda, Beto Lee e Mario Fabre. Três cantoras/atrizes completam a linha de frente musical, Corina Sabbas, Cyntia Mendes e Yas Werneck.

O cenário foi criado pelos diretores e Luciana Ferraz que também assina o design e criação de vídeos , os figurinos são de Renato Paiutto, a produção musical é de Rafael Ramos, o desenho de luz de Guilherme Bonfanti, a direção de movimento é de Olivia Branco o design gráfico de Juliano Seganti. A produção do espetáculo DOZE FLORES AMARELAS está sendo realizada com o patrocínio da Estácio por meio da lei federal de incentivo à cultura, Lei Rouanet.

A inédita ópera rock dos Titãs, DOZE FLORES AMARELAS, conta a história de três Marias.  Estudantes da faculdade, querendo diversão, consultam o aplicativo Facilitador para saber a melhor maneira para curtir uma festa. Na loucura desta noite de balada, Maria A, Maria B e Maria C são violentadas por cinco colegas, gerando consequências significativas na vida de todos. Reflexões, decisões e conflitos mostram as diferentes reações de cada uma delas. As três Marias consultam novamente o Facilitador sobre como devem proceder. Doze Flores Amarelas é um feitiço indicado para a vingança. Um dos jovens abusadores morre. As três Marias se questionam: será que teriam causado a morte do garoto? No enterro dele, as três Marias se percebem mais unidas e conscientes. Decidem se livrar do Facilitador, denunciar os abusadores e viver segundo suas próprias convicções, sem se submeter a convenções sociais nem a sugestões de oráculos, cibernéticos ou não.

Ficha técnica:

Musicas – Titãs
Direção Artística – Branco Mello, Sergio Britto e Tony Bellotto
Argumento – Branco Mello, Sergio Britto, Tony Bellotto, Hugo Possolo e Marcelo Rubens Paiva
Libreto – Hugo Possolo
Direção do espetáculo – Hugo Possolo e Otavio Juliano
Elenco: Branco Mello, Sergio Britto, Tony Bellotto, Beto Lee, Mario Fabre, Corina Sabbas, Cyntia Mendes e Yas Werneck
Produção Musical – Rafael Ramos
Cenário – Luciana Ferraz, Hugo Possolo e Otavio Juliano
Desenho de luz – Guilherme Bonfanti
Design e Criação de vídeos – Luciana Ferraz
Figurinos – Renato Paiutto
Direção de movimento – Olivia Branco
Design Gráfico – Juliano Seganti
Produção Executiva – Ricardo Moreira e Ricardo Mateus
Coordenação de produção – Deyse Simões
Coordenação geral do projeto – Angela Figueiredo
Realização – TITÃS Empreendimentos

Doze Flores Amarelas
Sesc Pinheiros
Endereço: R. Pais Leme, 195 – Pinheiros, São Paulo – SP, cep: 05424-150

Dia 12/04 – quinta-feira às 21h

R$ 18,00/ R$ 30,00/ R$ 60,00

Venda online a partir de 03/04/2018 19h00

Venda nas unidades a partir de 04/04/2018 17h30

 

Dia 13/04 – sexta-feira às 21h

R$ 18,00/ R$ 30,00/ R$ 60,00

Venda online a partir de 03/04/2018 19h00

Venda nas unidades a partir de 04/04/2018 17h30

 

Dia 14/04 – sábado às 21h

R$ 18,00/ R$ 30,00/ R$ 60,00

Venda online a partir de  03/04/2018 19h00

Venda nas unidades a partir de 04/04/2018 17h30

 

Dia 15/04 – domingo às 18h

R$ 18,00 /R$ 30,00/R$ 60,00

Venda online a partir de 03/04/2018 19h00

Venda nas unidades a partir de 04/04/2018 17h30

 Todas as apresentações contarão com audiodescrição (serão fornecidos 15 aparelhos por data e ordem de chegada) e legendas  visando a acessibilidade. Os ingressos terão preços populares.

Sobre ArteView

Veja Também

Audições abertas para o musical “Natasha, Pierre e o Grande Cometa de 1812”

Atenção! Se você tem entre 18 e 45 anos, é ator ou atriz e excelente …

Deixe uma resposta