Home / São Paulo / A CABALA DO DINHEIRO dirigida por Clarice Niskier e André Acioli no Teatro Eva Herz

A CABALA DO DINHEIRO dirigida por Clarice Niskier e André Acioli no Teatro Eva Herz

A CABALA DO DINHEIRO é uma livre adaptação do livro homônimo de Nilton Bonder. Centrada nessa obra, a dramaturgia também traz inspirações dos outros dois títulos de Bonder que compõem a trilogia da Cabala (A Cabala da Inveja e A Cabala da Comida), escrita a partir da seguinte máxima judaica: “Uma pessoa se faz conhecida através de seu copo, bolso e ódio.”

Clarice tem larga experiência com a literatura de Bonder, sendo diretora e atriz de A Alma Imoral, adaptação do livro homônimo do rabino, em cartaz ininterruptamente há onze anos.

Em “A cabala do dinheiro”, dois atores, Letícia Tomazella Marcos Reis, dão corpo e voz aos conceitos do livro. Eles ora são narradores, ora os personagens das várias histórias que Bonder usa em sua obra pra exemplificar suas colocações. Assim, vão-se tecendo as ideias, exemplos, reflexões e conceitos sobre o dinheiro – e a relação do indivíduo e da sociedade com ele -, sobre os demais âmbitos da vida comum que formam o conceito de prosperidade, sobre dar e receber, sobre não dar e não compartilhar, sobre abundância e escassez etc., de modo a desvendar as nuances da presença do dinheiro e da prosperidade em nossas vidas, e as formas de se ter uma vida mais abundante.

Num mundo onde os preços parecem se sobrepor aos valores, o dinheiro perde seu significado. Em meio a esse complexo tema, um casal de atores-narradores propõe um negócio entre si e com o público. Adentrar neste rico pomar que são as transações entre os valores humanos, em busca da compreensão do que está por detrás dos mistérios que envolvem o mercado e o dinheiro em nossas vidas.

O mais longo dos caminhos é o que leva do coração ao bolso. A peça é uma discussão ética sobre a mágica das trocas humanas. Se, por um lado o dinheiro é elemento que promove relações perversas e idólatras, não só quando adorado mas também quando desprezado, por outro, é elemento de expansão de mercados e permite uma grande sofisticação nos vínculos da malha da vida.

Ficha técnica

Texto: do livro homônimo de Nilton Bonder
Adaptação: Letícia Tomazella, Marcos Reis e Clarice Niskier
Colaboração na dramaturgia: André Acioli
Direção: Clarice Niskier e André Acioli
Elenco: Letícia Tomazella e Marcos Reis
Produção: Kiko Rieser e Ronaldo Diaféria
Cenário e figurino: Cássio Brasil
Iluminação: Karine Spuri
Música original: José Maria Braga
Preparação vocal: Carlos Nascimento
Maquiagem: Louise Helène
Fotografia: Heloísa Bortz
Registro em vídeo: Ricardo Montenegro
Projeto gráfico: Herbert Bianchi
Realização: Diaferia Produções e Rieser Produções Artísticas

Teatro Eva Herz
Av Paulista, 2073 – Conjunto Nacional
Temporada: de 11 de julho a 27 de setembro. Terças e quartas-feiras, às 21h
Ingressos: R$ 50
Duração: 75 minutos
Classificação indicativa: 14 anos
Lotação: 168 lugares
Telefone: (11) 3170-4059
Duração: 70 minutos
Até: 27 de  setembro

Sobre ArteView

Veja Também

Vem aí, Hebe O Musical, uma homenagem a Rainha da televisão brasileira

Da infância humilde em Taubaté, no interior de São Paulo, ao posto de rainha da …

Deixe uma resposta